Dia do Professor e do Médico

Dia do Professor

No dia 15 de outubro de 1827, Dom Pedro I, Imperador do Brasil, decretou uma Lei Imperial responsável pela criação do Ensino Elementar no Brasil (do qual chamou “Escola de Primeiras Letras”), e através deste decreto todas as cidades deveriam ter suas escolas de primeiro grau.

O decreto também continha o salário dos professores, as matérias básicas e até como os professores deveriam ser contratados.

Professor

Origem do Dia dos Professores

A comemoração começou em São Paulo, onde quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para comemorar esta data, e também traçar novos rumos para o próximo ano.

Esta data foi oficializada nacionalmente como feriado escolar através do Decreto Federal nº 52.682, de 14 de outubro de 1963.

O Decreto define a razão do feriado:

"Para comemorar condignamente o Dia dos Professores, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

A nível internacional, o Dia Mundial dos Professores é celebrado anualmente em 5 de outubro.

 

Dia do Médico

O Dia do Médico é celebrado anualmente em 18 de outubro.

Os médicos são os responsáveis por cuidar da saúde das pessoas. Por este motivo, esta data é destinada a homenagear o trabalho destes profissionais.

Os médicos podem ser generalistas, ou seja, não ter uma especialização em nenhuma área específica da medicina, ou especialistas, quando são peritos em alguma área, como endocrinologia, estética, cardiologia, obstetrícia e etc.

Origem do Dia do Médico

O Dia do Médico é celebrado em 18 de outubro em homenagem à São Lucas.

Lucas foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento, e seu evangelho é o terceiro em ordem cronológica. Lucas era médico, razão pela qual se decidiu homenagear os profissionais com o mesmo dia da festa deste santo.