Primavera: saiba tudo sobre a estação das flores!

O ano se divide em quatro estações – primavera, verão, outono e inverno, sendo que cada uma traz diferentes características para o clima e a natureza. A primavera é considerada a mais colorida e florida e, para muitos, a mais agradável. Nesta época do ano, as flores desabrocham e a natureza mostra toda sua beleza, trazendo o mundo à vida e aumentando a atividade da flora e da fauna.

Quer saber mais sobre essa estação do ano, suas características e o principal efeito que ela traz para a natureza? Então continue lendo nosso artigo e descubra mais sobre a primavera!

O que é primavera?

A primavera é uma das quatro estações do ano. O movimento de translação, responsável pelo deslocamento da Terra ao redor do Sol, e a inclinação do eixo do planeta (que é de cerca de 23º27’) são responsáveis pela variação da incidência dos raios solares na superfície terrestre.

Essa variação da energia solar é traduzida em diferenciações de temperatura ao longo do ano, o que cria as estações do ano: primavera, verão, outono e inverno, sendo as duas primeiras mais quentes e as duas últimas mais frias.

A primavera é considerada, então, uma estação de transição do frio do inverno para o calor do verão. No Hemisfério Norte, acontece no primeiro semestre. Já no Hemisfério Sul, a primavera é na segunda parte do ano.

Quando começa a primavera?

Conforme mencionado, a primavera marca a transição do frio invernal para o calor do verão. Na metade sul do globo, começa no dia 23 de setembro e termina no dia 21 de dezembro, quando se inicia o verão.

Já na porção norte do planeta, a primavera se inicia no dia 22 de março e vai até 21 de junho. São períodos “espelhados” um ao outro ao longo do ano. Isso significa que, enquanto for primavera no Hemisfério Sul, será outono no Hemisfério Norte e vice-versa.

No Hemisfério Sul, a Primavera Austral, como também é conhecida, se inicia durante o equinócio, terminando no solstício, em dezembro. Já no Norte, a Primavera Boreal se inicia no equinócio, em março, e termina no solstício de junho. O equinócio é o período do ano em que o dia e a noite têm a mesma duração, de modo que o eixo de rotação da Terra faz com que incidam raios solares de maneira homogênea em ambos os hemisférios.

Já o solstício é caracterizado pelo máximo de incidência de raios solares sobre um hemisfério específico. Ou seja, quando é verão no Hemisfério Norte e os raios do sol incidem perpendicularmente ao Trópico de Câncer, o Hemisfério Sul observa seu solstício de inverno, com menor incidência solar.

 

Resumidamente, os equinócios de Outono e Primavera são períodos nos quais ambos os hemisférios recebem a mesma quantidade de radiação solar. Já os solstícios são marcados por extremos opostos, de modo que, ao mesmo tempo, um hemisfério recebe o máximo de radiação durante o ano enquanto o outro recebe o mínimo.

Características da primavera

 planta primavera

A primavera marca o início do reaquecimento do clima após os meses de inverno, quando as temperaturas são consideravelmente mais baixas. Essas condições propiciam um início do período de reprodução de muitas árvores e plantas, o que faz com que a primavera seja conhecida como a estação das flores, colorindo a natureza.

Os animais e as plantas tendem a sair de um estado de “hibernação” (alguns, literalmente) do inverno, reanimando-se e trazendo vida e movimento para a natureza.

Se considerarmos que o inverno e o verão são os extremos das estações do ano, com máximas e mínimas de temperatura, tanto o outono quanto a primavera são períodos de temperatura amena e agradável. Marcam a mudança da paisagem, como que preparando a natureza para a próxima estação.

Durante a primavera, os animais polinizadores, como as abelhas, ficam muito mais ativos, aumentando consideravelmente o ciclo reprodutivo das plantas. Isso coincide com o início do período de chuvas, que geralmente tem seu pico no verão. Assim, a umidade relativa do ar aumenta com o crescimento da temperatura, criando as condições ideais para a reprodução vegetal.

Uma característica marcante da primavera é a duração dos dias e das noites. De maneira geral, em média, dia e noite possuem quase que a mesma duração, exceto no equinócio, dia que ambas duram exatamente o mesmo tempo. À medida que a primavera vai passando, os dias vão ficando maiores, com maior incidência de raios solares.

Primavera no Brasil

O Brasil é um país marcado por transições gradativas de temperatura. Se no Hemisfério Norte os invernos são congelantes e os verões quase insuportáveis, aqui no Brasil os extremos tendem a ser mais amenos, tanto para o calor quanto para o frio.

Nesse contexto, a primavera compreende um período de gradativo aumento da temperatura e das incidências de chuvas. É durante a primavera que atua o El Niño, fenômeno natural proveniente da costa sul-americana do Oceano Pacífico, que traz mais chuvas para a região Centro-Sul do Brasil e mais secas para as regiões Norte e Nordeste.

Se o estereótipo mais marcante da primavera é a ideia de céu azul e campos floridos, nem todas as regiões do Brasil podem dizer que o mesmo se aplica para elas. Isso porque, com o aumento das precipitações, é muito comum observarmos um céu nublado, com chuvas constantes que se prolongam até o verão.

Entretanto, a alta de umidade é sempre bem-vinda, uma vez que, via de regra, o inverno brasileiro é marcado por baixas temperaturas e muita seca. Como não há ainda a incidência de calor muito forte, a primavera costuma ser considerada uma das estações mais agradáveis de todo o ano.

Flores da primavera no Brasil

Que a flora brasileira é a mais rica do mundo, todo mundo já sabe. Dono da maior biodiversidade do planeta, o Brasil conta com o privilégio de assistir essa flora desabrochar durante a primavera, colorida e florida. As principais flores de primavera, no Brasil, são:

alamanda;

boca-de-leão;

clívia;

crisântemo;

dama-da-noite;

dedaleira;

estefânia;

frésia;

gazânia;

gérbera;

girassol;

helicônia;

hibisco;

hortênsia;

jasmim;

jasmim-estrela;

lágrima-de-cristo;

margaridinha;

narciso;

orquídea;

rosa;

violeta.

Cada uma dessas flores apresenta suas próprias características, desabrochando em diferentes regiões do país e colorindo a natureza. São um prato cheio para decoradores de eventos, que aproveitam a época do ano para introduzir variadas cores em seus trabalhos.

A primavera é, sem dúvidas, uma das épocas mais esperadas do ano. Sua temperatura amena e agradável, além da beleza trazida por essa estação, faz com que quase todo mundo se sinta muito bem!

E você, curte a primavera também? Gostou do nosso artigo? Então não deixe de se preparar para o Enem! Veja o que mais cai nas provas de Geografia do concurso e confira nosso banco de exercícios da disciplina!

 Beatriz Abrantes